top of page
Buscar

“A vida, Unir Versos e uns Acordes” - NOVO ÁLBUM DO FLOCO

Por Flavio Almeida


No último mês (Abril/ 2021) o multi tarefas Floco lançou o seu segundo álbum, uma compilação de trabalhos já lançados como single e algumas canções inéditas.

Floco é talvez o artista mais produtivo da cidade de Jundiai/ SP, o cara nao para! Dando uma simples conferida no seu canal do youtube você já se depara com uma quantidade absurda de singles e videos. Alem disso, o artista encontra-se em um momento DIY extremo, sim, ele tem dirigido, filmado, produzido, editado e tantas outras atividades. Se para uma banda com mais integrantes é algo muito difícil de se encontrar, imagine para um artista solo! Mas é isso, a correria sem parar do Floco está impressa no seu trampo, no material lançado e nas perspectivas que o cara tem, ufa, que furacão!


Batemos um papo sobre esse novo trabalho que voce pode conferir logo abaixo, divirta-se:


FA - Salve salve meu mano Floco! Bom, primeiramente queria dizer que acompanho seu trampo e a sua correria, e posso afirmar com toda certeza cara, são poucos artistas que fazem o corre como você faz, que ainda fortalece toda uma cena com a sua inspiração bicho! Nos conte um pouco sobre sua carreira e quem é o Floco que podemos encontrar nesse novo trabalho.


Floco - Primeiramente obrigado pelo oportunidade, tamo juntão, bom eu acredito muito no “Do it Yourself” liga, e acabo me inspirando nessa parada e nos meus brothers e fãs que me fortalecem e falam que cada vez eu vou mais longe, isso me deixa sempre motivado a dar continuidade nos trabalhos e, a cada lançamento, dá uma renovada na energia, tá ligado, já que no momento demos um break com os shows, isso tem me deixado bem animado, e o Floco presente neste álbum, digamos que é mais maduro, e mais pra cima.


FA - Esse mês aqui, mais precisamente dia 27 de Abril, você lançou o seu segundo álbum, depois de mais de uma dúzia de singles e vários vídeos com uma boa repercussão nacional, nos conte qual é a principal diferença entre o seu primeiro álbum e esse segundo, com relação a decisão de compilar as músicas em álbum e se isso é algo que você pensou já durante as composições.


Floco – O meu primeiro álbum “De Malas Prontas” foi lançado em 2018, tinha me planejado pra lançar o 2º em 2020, comecei soltando alguns singles, como “Miragem”, “Lave a Sua Alma” porém demos de cara com uma pandemia sem data para acabar, tive que repensar no planejamento, logo após um tempo dei continuidade com “Novo Dia Vai Chegar” no final de Outubro, porém aqui no Brasil tava tudo meio bagunçado ainda, dei uma aguardada pra sentir como as coisas iriam ocorrer, porém virou o ano e então vim soltando os singles, Janeiro, Fevereiro, Março e o álbum em Abril, concluindo esse ciclo. Digamos que esse novo álbum esta mais maduro em relação as composições, melodias, os temas das músicas estão mais pra cima, mais motivacional saca, me serviu até como válvula de escape pra não parar, pois principalmente nos dias atuais precisamos desse tipo de mensagem.


FA - Você é um artista bem ativo, está sempre correndo atrás de alguma produção, fazendo algum trampo de vídeo, correndo atrás de alguma parceria, vendendo seu merch ... ufa!!! Como você arruma tempo pra se organizar e compilar um álbum no meio dessa doidera cara?


Floco – Cara nem eu acredito ahaahhah, é uma correria, porém eu escolhi isso, sempre gostei, e também, se eu não eu não fizer por mim quem que vai fazer? Abri mão de ter um trabalho fixo, salário ali todo mês, comer em restaurantes, rolezinho, comprar roupas e afins, esses tipos de luxo sabe, pra focar no meu corre, não sou do tipo de pessoa que espera dos outros sabe, já esperei muito e acabei me decepcionando. Neste novo álbum inclusive, produzi o beat de 7 faixas e fiz o clipe de 2 faixas, além de fazer toda parte de designer dos trabalhos como capas, baners, avatares e etc..


FA - Como foi o processo de composição desse álbum? Os artistas convidados têm contribuição nas composições?


Floco – Tem sim, todas as faixas que tem participação fizemos em conjunto, nesse trabalho tem participação de DJ Killa, DJ Zala (DJ do Projota), Ananda Savitri, Gu Vieira e Jazzkey e na faixa “Som Pra Vencedor” tem linhas de baixo de Gustavo Perri.


FA - Durante sua carreira e no seu catálogo, é possível rapidamente encontrar alguma colaboração com outros artistas. É algo que você sempre busca? Isso ajuda a diversificar o seu estilo de som?


Floco – Sim mano tem vários, e todos eles são amigos, então é mais um lance de amizade mesmo sabe, de falar “Eae cara o que tá fazendo, bora fazer som” hahahaha e disso já virar uma música e depois clipe, gosto de fazer acontecer as coisas, e também gosto de trabalhar com quem gosta de trabalhar, mas é bem natural a parada e todos ganham com isso. Hoje em dia também as colabs são algo que agrega os dois lados pois somam os públicos.


FA - Desta vez você também atuou na produção, gravação e edição final dos vídeos. Como foi esse processo pra você?


Floco – Como já estava fazendo os vídeos de making of, já tinha feito os meus primeiros clipes, e estava trabalhando com audiovisual de fato, resolvi criar meu catálogo com meus próprios trabalhos, pois de certa forma facilita um pouco a parte criativa da obra como um todo.


FA - O título do álbum, "A vida, unir versos e uns acordes" reflete um pouco a sua caminhada até aqui? Qual a sua expectativa sobre esse novo trabalho?


Floco – O titulo do álbum foi inspirado no 3º livro da série de ficção cientifica “O Guia Do Mochileiro Das Galáxias”, e isso já foi o tema da capa onde tem um E.T hhahaha que inclusive se deu origem de uma tattoo que tenho no braço, praticamente juntei as peças do quebra cabeça, pois o 1º álbum se chama “De Malas Prontas” e na capa estou com uma mochila de frente a uma mancha com o universo, e se você notar a capa do 2º verá os mesmos elementos como se fosse uma continuação saca, as luvas de Muay thai, o Skate etc, como se tivesse entrado naquele universo, e é isso a vida, unir alguns versos em cima de uns acordes e fazer música cara, se eternizar em forma de arte.


FA - Como você pretende trabalhar esse álbum neste período de pandemia?


Floco – Primeiramente no digital mesmo, e além disso estou preparando o show, talvez apareça com uma live com o tema, vou deixar na surpresa, mas além disso tem mais coisas pra sair esse ano, então foi mais uma virada de capitulo na vida, na carreira, e bora pra cima, o tema do 3º álbum já está definido e estou trabalhando ai pra quando voltar shows e afins.


FA - Entre o primeiro álbum e esse novo, sei que você juntou um amigos e colocou pra funcionar um "QG" no centro de Jundiaí, para fazer as suas produções e dos demais que utilizam o espaço. Qual foi a contribuição desse espaço para a criação das músicas novas?


Floco – Foi essencial nesse período ter esse espaço para fazer as batidas, gravar as vozes, testar elementos, sem ter limite de horário, praticamente morei por lá hahhaha

Deixava a música pronta e passava pra mixagem só os elementos finais.


FA - Para encerrar esse rápido bate papo aqui Floco, deixa seu recado e utiliza o espaço como quiser, aproveitando pra deixar aquele salve pra rapeize que se liga no seu trampo!


Floco – Gostaria de agradecer a toda equipe pela atenção e por sempre fortalecer, a todos os amigos e fãs que contribuem sempre, um enorme abraço, gratidão de coração, pois é isso que faz a arte viver, e a mensagem ser passada adiante, pra quem ta conhecendo agora, cola no Youtube e confere os trampos, tem muita coisa por lá além dos clipes, e gostaria de dizer que as músicas estão em todas as plataformas digitais, então fiquem a vonts e sintam-se em casa ahhaha grande abraço, pra cima!!!!


Confira o novo trabalho do Floco:

Ficha técina:

Artista: Floco

Mix e Master: Alexandre Ienne (Eguchi Estúdio)

Capa: Vinícius Faccina

Ano: 2021

Vídeo: VF Audiovisual

23 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page