top of page
Buscar

FISTT lança single e apresenta nova formação

Atualizado: 26 de out. de 2022

"Ex-Underground" conta com a participação de Camilo Quadros, vocalista do Cueio Limão


FISTT em sua nova formação: Ricardo Dariva (guitarra e voz), Fernando Rosa (bateria), F.Nick (vocal), Dulino (guitarra) e mais novo integrante Fila Benário (baixo e voz) - Foto: Junior Lupinacci

Por Ricardo Fininho


No começo da semana (26/09), a banda de hardcore melódico FISTT, diretamente de Jundiaí (SP), lançou em todas plataformas digitais o seu mais novo single “Ex-Underground”, canção que conta com a participação especial de Camilo Quadros, da banda Cueio Limão, nos vocais. O single faz parte de "A Arte de Perder", o quinto álbum de estúdio do grupo, o primeiro em 10 anos, que será lançado no dia 12 de outubro, via Maxilar Discos.


Com a sonoridade característica do grupo, pautada no hardcore enérgico e melódico, a letra de “Ex-Underground” é um desabafo repleto com muita sagacidade: “A música, de certa forma, brinca com aquelas pessoas que só porque não estão mais envolvidas na cena underground, acha que tudo acabou e que as bandas não existem mais”, salienta F. Nick, vocalista do FISTT e autor do single.



Além de servir como amostra do novo álbum, “Ex-Underground” também apresenta a nova formação do FISTT, que outrora foi um quarteto e hoje conta com F. Nick apenas nos vocais, dando espaço para entrada de Fila Benário (ex-Nazarenos HC) no baixo, somando ao line-up com Ricardo Dariva (guitarra e voz), Dulino (guitarra) e Fernando Rosa (bateria). “Nos primórdios da banda, eu era apenas vocalista também. Hoje eu repito essa experiência que me deixa mais solto e leve no palco”, revela Nick.


FISTT com nova formação em ação no Hangar 110 em abril deste ano - Foto: Larissa de Lima

Com o lançamento próximo, “A Arte de Perder” conta com 12 faixas produzidas por Paulo Gervilla (Metade de Mim) no Back In Town Studio, em Jundiaí, enquanto a mixagem e masterização ficou a cargo de um velho conhecido do grupo, o produtor e ganhador do Grammy Latino Paulo Anhaia: “O Paulo já havia trabalhado conosco no disco ‘Como Fazer Inimigos’, em 2008. Quando entramos em contato com ele para falar sobre o novo disco, ele aceitou de prontidão e nos entregou tudo aquilo que esperávamos”, completa Nick.


Enquanto “A Arte de Perder” ainda não é lançado, você pode conferir “Ex-Underground” em todas as plataformas digitais.



18 visualizações0 comentário

留言


bottom of page